Um dia após críticas à Reforma Trabalhista pela Paraíso do Tuiuti na Sapucaí, o presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi conferir os desfiles das escolas na Avenida, na noite desta segunda-feira. Na opinião do parlamentar, houve “desinformação” por parte da agremiação.

O deputado alegou ainda que a reforma vai possibilitar mais oportunidades aos trabalhadores.

“Vamos ver em 2018 o Brasil gerando milhões de empregos com a nova lei. É dar tempo ao tempo… A lei às vezes parece que protege não protege. Talvez se a gente tivesse leis mais simples teríamos uma sociedade mais protegida em vários aspectos”, disse Maia, que complementou: “No caso da (reforma) trabalhista tenho certeza que os resultados já estão aparecendo. Nossa expectativa é que a gente possa gerar mais empregos e tenho certeza de que no próximo ano teremos um desfile diferente”.

Para defender a Reforma da Previdência, o presidente da Câmara chegou a fazer um paralelo com o ‘cenário’ da Avenida: argumentou que há divisão entre pobres e ricos.

“O brasileiro não sabe, ele está aqui nessa Arquibancada 1, ganhando um salário mínimo, e não sabe que é obrigado a trabalhar até os 65 anos. E aquele que ganha R$ 30 mil e está no camarote se aposenta com 55 anos” declarou.

Ele afirmou que a reforma será votada assim que houver votos suficientes. “Estou trabalhando para isso”. Maia também falou de segurança pública: contou que veio prestigiar o “maior evento do mundo” apesar dos problemas da violência no Rio.

Sobre isso, ele voltou a afirmar que é “necessária a mudança na legislação” e a criação de regras mais duras contra o tráfico de armas e drogas. Também voltou a defender a construção de mais presídios: “a gente precisa chegar pelo menos a 20, 30 presidios”.

O deputado alegou ainda que a reforma vai possibilitar mais oportunidades aos trabalhadores

Com informações de O Dia

O post Presidente da Câmara fala em “desinformação’ da Tuiuti” apareceu primeiro em Blog da Cidadania.

Publicação de: Blog da Cidadania