por Marco Aurélio Mello

Por que será que as pessoas resistem tanto a aceitar?

Tenho pensado numa hipótese que ouvi dia desses: medo.

Medo de quê?

Provavelmente da sua força (dele) incontrolável.

Desperta o corpo.

Deixa o colorido mais vivo.

Os sentidos mais aguçados.

Os paladares abertos.

Inverte a lógica da troca.

Recebe ao dar.

Ganha ao perder.

Espanta as dores.

Cura.

Dá crença inabalável no amanhã.

Traz alegria, entusiasmo e otimismo.

Caminha sem deixar rastros.

Some na paisagem.

E ao fundir liberta.

É o mais requintado dos sentimentos.

Alguém arrisca a adivinhar que sentimento é esse?

O post Ele está em nós apareceu primeiro em Viomundo – O que você não vê na mídia.

Publicação de: Viomundo