O comandante das Forças Armadas da Bolívia, general Willams Kaliman, emitiu um comunicado pedindo que o presidente Evo Morales renuncie ao mandato.

“Sugerimos que o presidente renuncie ao seu mandato, permitindo a pacificação e manutenção da estabilidade para o bem de nossa Bolívia.” Diz o comunicado.

LEIA TAMBÉM
Evo Morales convoca eleições para evitar um golpe de Estado na Bolívia

Líder da oposição pede golpe militar contra Evo Morales na Bolívia

Urgente: Evo Morales denuncia ‘conspiração golpista’ na Bolívia

A situação está tensa no país desde que a oposição não aceitou a derrota nas urnas com a reeleição de Evo, alegando fraude. Na manhã deste domingo, o presidente convocou novas eleições para tentar pacificar o país, mas os militares insistem no caminho do golpe.

Publicação de: Blog do Esmael