Um vídeo que circula nas redes sociais neste sábado (12) mostra Fabrício Queiroz, ex-assessor do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), sambando com a família em um hospital.

LEIA TAMBÉM:
Governo Bolsonaro fará propaganda para liberar o porte de armas

Segundo um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), Fabrício Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017. Uma das transações foi um repasse de R$ 24 mil destinado à primeira-dama Michelle Bolsonaro.

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) suspeita que os assessores do gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Estado Rio de Janeiro (ALERJ) eram obrigados a devolver parte do salário a Queiroz, que posteriormente repassava ao parlamentar.

Queiroz foi chamado duas vezes no MP-RJ para esclarecer os fatos, mas não compareceu.

Certo da impunidade, Queiroz samba com a família e ri do povo, do COAF e do MP-RJ.

Assista ao vídeo:

Publicação de: Blog do Esmael