O presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu intervir no conselho de administração da Petrobras, trocando alguns dos atuais conselheiros por executivos alinhados com a visão privatista do governo. Os novos nomes já foram selecionados e serão anunciados nos próximos dias, informa o jornal Estado de São Paulo. 

As mudanças no Conselho de Administração indicam uma intervenção direta do executivo para assegurar a  aplicação das novas diretrizes privatistas para a companhia. Segundo o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, “a intenção é mudar o perfil do conselho para que tenhamos mais representantes com visão estratégica do que a Petrobras precisa”, declarou.

Os nomes que serão apresentados pela União substituirão conselheiros com mandato vigente até 2020.

As novas indicações de conselheiros iniciam o processo de aparelhamento da petroleira pelo governo da extrema-direita, o que significa uma ameaça para as reservas de petróleo e gás hoje controladas pela  União.

Nesta semana, Bolsonaro já indicou um velho amigo para um cargo de direção na empresa.

*Com informações do Estado de São Paulo

Publicação de: Blog do Esmael