Vígilia

Ex-chanceler e José Eduardo Cardozo estiveram em Curitiba para visitar ex-presidente nesta quinta (10)

Redação |
O ex-chanceler Celso Amorim e José Eduardo Cardozo na saída da Polícia Federal Eduardo Matysiak

Preso há 278 dias em Curitiba, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebeu a visita do ex-chanceler Celso Amorim e do ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Após deixar a Superintendência da Polícia Federal, Amorim contou que conversou com Lula sobre temas como a privatização da Embraer e da Petrobras e a integração da América Latina. 

“Lula está bem. Claro que é uma realidade triste porque ele está preso, mas estamos lutando para mudar essa realidade. Não só pelo Lula, mas pelo país. O Brasil só será pacificado consigo próprio quando Lula estiver Livre”, disse o ex-chanceler.

Cardozo, que fez a primeira visita a Lula desde sua prisão, também reafirmou o estado de saúde do ex-presidente. “Ele tem está energia interior muito boa, que só grande estadistas possuem”, resumiu o advogado.

O ex-ministro da Justiça reforçou que não há provas para a condenação do petista e saudou a militância que participa da Vigília Lula Livre.

Publicação de: Brasil de Fato – Blog