Não é só aqui no Brasil que a participação de Sérgio Moro no futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL) levanta suspeitas em relação à sua parcialidade como juiz. Pelo Twitter, o ex-presidente da Colômbia Ernesto Samper afirmou nesta quinta-feira (8) que “é absolutamente imoral” o juiz Sérgio Moro ser o ministro da Justiça do Brasil.

LEIA TAMBÉM:
Rafael Correa, pede asilo na Bélgica

“Es absolutamente inmoral que el juez Moro, que metió a la cárcel a @LulaOficial para que no pudiera ser candidato en unas elecciones que hubiera ganado contra Bolsonaro, ahora sea ministro de Justicia de #Brasil…”, escreveu o ex-presidente colombiano na rede social.

Samper visitou Lula (PT) na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, onde o ex-presidente é preso político, no último mês de agosto.

“Eu vim visitar o ex-presidente Lula como um ato de solidariedade pessoal e político”, disse ele na ocasião.

Publicação de: Blog do Esmael