O Senado está consultando a opinião da sociedade sobre o projeto que prevê reajuste salarial para os ministros do Supremo. Até ontem, 12.078 se manifestaram pela rejeição da medida e 2.351, a favor. Para elevar os salários de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil, o Congresso precisa aprovar o projeto de lei encaminhado pela Corte. Ontem, os ministros já incluíram no orçamento recursos para suportar esse reajuste. A pesquisa do Senado, contudo, não deve influenciar o voto dos congressistas. Líderes admitem que ninguém quer ficar mal com os ministros.

Entre ministros não há certeza de que o reajuste será aprovado. Um deles, que votou para ter o direito de receber R$ 5,5 mil a mais, diz achar que o Congresso deve impor condições, como acabar com auxílio-moradia e outros penduricalhos.

Historicamente, o Congresso nunca derrubou um aumento para o Supremo. Porém, em 2014, houve um acordo para reduzir o reajuste de R$ 35,9 mil para R$ 33,7 mil.

Com informações do Estadão.

O post Pesquisa mostra enorme rejeição a aumento para juízes apareceu primeiro em Blog da Cidadania.

Publicação de: Blog da Cidadania