Foto: Ricardo Stuckert

 

O acampamento Lula Livre, em apoio ao ex-presidente  Lula, será retirado das proximidades da sede da Polícia Federal em Curitiba.

Acordo firmado nesta segunda-feira (16) entre a procuradoria do município e os representantes sindicais determinou que as barracas dos manifestantes devem ser retiradas até às 18h de amanhã (17). O apoiadores serão colocados no Parque do Atuba, como havia sido proposta pelo município.

No último sábado (14), o juiz substituto da 3ª Vara da Fazenda Pública, Jailton Juan Carlos Tontini, assinou uma decisão que fixa multa diária de R$ 500 mil aos manifestantes de movimentos favoráveis e contrários ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.Desde que o ex-presidente foi conduzido para o prédio cerca de 500 pessoas ocupam os arredores da Superintendência da PF, onde Lula está detido.

No local, de acordo com o acordo, permanecerão apenas quatro tendas, com direito à vigília em favor do ex-presidente, mas sem a montagem de um novo acampamento. Caso o acordo seja descumprido, os manifestantes terão de pagar a multa diária estabelecida de R$ 500 mil.

O acordo também determina que manifestações culturais, como shows que estavam acontecendo no local, só poderão ser feitos no parque mediante acordo prévio. O uso de som só será permitido até às 19h30.

Desde que Lula chegou à Curitiba, os manifestantes se revezam nas ruas próximas ao local. Barracas com cozinhas e banheiros químicos foram instalados no local.

Com Informações do Destak Jornal

O post Acampamento a favor de Lula será retirado de Curitiba apareceu primeiro em Blog da Cidadania.

Publicação de: Blog da Cidadania