Rádio

Programas vão ao ar nestes sábado e domingo em rádios de de MG, RJ, PE, SP e PR

Redação |
Programas vão ao ar nos sábados, com reprise aos domingos Gabriela Lucena | Brasil de Fato

Os programas do Brasil de Fato deste fim de semana (31 de março e 1 de abril) nas rádios de MG, RJ, PE, SP e PR trazem como destaque o encerramento da Caravana Lula pelo Brasil – etapa Sul -, incluindo o atentado com tiros contra os ônibus que levavam jornalistas nacionais e internacionais e legisladores, no estado do Paraná. 

Outro dos destaques é a saúde dos atingidos pelo crime ambiental da Samarco em Mariana (MG). Um exame de sangue e urina, feito pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP) e divulgado na última semana, em 11 pessoas do município de Barra Longa, surpreendeu ao mostrar que todos apresentaram alto nível de níquel. Em níveis como esse, a substância pode causar doenças de pele, queda de cabelo e outras ainda desconhecidas.

Confira os outros destaques por edição e ouça a versão que mais lhe agradar:

Em São Paulo e Sorocaba, há também a coluna de Mouzar Benedito, sobre as tradições da quaresma, dicas de alimentação saudável no outono e muita música com Bruno Viola, Gustavo Mioto, Jorge e Mateus, Silvano Sales e Arlindo Cruz.
 

A sintonia do programa em São Paulo é na Rádio Imprensa (102.5 FM), aos sábados e domingos às 7h.  Em Sorocaba, na Rádio Super (87.5 FM), o programa vai ao ar sábado às 12h, com reprise aos domingos no mesmo horário. 

A edição de Pernambuco mergulha na história da questão agrária no Nordeste brasileiro, ecoando as vozes do passado e as lutas atuais que exigem o cumprimento da reforma agrária em todo o país. Contamos com a participação de Jaime Amorim, dirigente nacional do MST; 

O contexto histórico no país também está presente na análise do cientista social Eduardo Mara, da Consulta Popular. Ele aborda o potencial que o Congresso do Povo possui para alterar o cenário de retirada de direitos populares e esmagamento da democracia;
Opina sobre o primeiro jogo da decisão inédita entre Central e Náutico, no Campeonato Pernambucano e também levanta algumas curiosidades da quase centenária Patativa de Caruaru;

Os pernambucanos ouvem o programa na Rádio Clube (720 AM) aos sábados às 7h, com reprise aos domingos no mesmo horário. 

A edição de Belo Horizonte aborda também a agressão que os trabalhadores da educação sofreram pela Polícia Militar enquanto realizavam ato para divulgar a greve dos professores do estado. Noticia o cancelamento de atendimentos e serviços por falta de repasses de verbas no Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais e traz uma entrevista com  Ana Júlia Guedes, integrante da União Nacional dos Estudantes que explica como a juventude brasileira está se organizando para defender a educação no país.

Na Rádio Autêntica (106.7 FM), em Belo Horizonte, o programa é veiculado às 11h de sábado, com reprise no domingo às 7h. 

O programa do Rio de Janeiro trata dos genocídios: Rocinha e Maricá choram seus mortos e exigem o fim do extermínio da população negra. E o tema da violência está presente no quadro Repórter SUS, em como a saúde física e mental são também afetadas. Há também uma entrevista com Celso Amorim, que fala sobre a intervenção econômica. O programa destaca ainda o novo álbum do Cordel do Fogo Encantado e aborda os benefícios da camomila, que é muito mais do que uma erva calmante. 

No Rio de Janeiro, a sintonia é na Rádio Fluminense (540 AM), todo sábado às 9h, com reprise aos domingos no mesmo horário.

No Paraná, você ouve aos sábados na Rádio Princesa (87.9 FM) às 10h. Os programas também estão disponíveis na Radioagência Brasil de Fato.